X
Menu
X

News

Couchsurfing: o que é e como funciona.

Ci spiace, ma questo articolo è disponibile soltanto in Portoghese Brasiliano, Spagnolo Europeo, Inglese Americano e Francese. Per ragioni di convenienza del visitatore, il contenuto è mostrato sotto in una delle lingue alternative disponibili. Puoi cliccare su uno dei links per cambiare la lingua del sito in un’altra lingua disponibile.

Se você está aqui, com certeza já ouviu dizer que alguém se hospedou DE GRAÇA na casa de outra pessoa…vamos te explicar melhor como isso funciona

CouchSurfing el sofa ideal

Couchsurfing é uma das maiores comunidades de viajantes do mundo e o primeiro que se deve saber é que não há dinheiro envolvido, o serviço é GRATUITO. Este serviço baseia-se na filosofia de ajudar o viajante a descobrir um destino, conectar-se e trocar experiências entre o anfitrião e o hóspede.

Para qualquer viajante, é basicamente uma ferramenta para encontrar um sofá (couch) de graça para ficar em qualquer destino. O conceito de sofá é amplo, há pessoas que oferecem apartamentos completos, quartos, colchões infláveis ou um espaço para colocar seu colchonete ou saco de dormir. E não acaba por aí, o verdadeiro sentido de uma viagem em Couchsurfing é de se conectar com o anfitrião e descobrir o destino junto com ele, compreendendo seu modo de vida e deixando-se guiar por ele.

* Minha primeira experiência de CouchSurfing foi quando viajei a São Pauo para praticar português após um curso intensivo. Como eu não tinha amigos na cidade, era a primeira vez que me hospedava na casa de um estranho. Isso acabou definindo para sempre minha maneira de viajar. Dennis, o anfitrião, me recebeu com mais de 50 variedades de frutas em sua geladeira porque havia lido que eu era amante de gastronomia e me fez entender que há experiências que não se podem comprar,  e ser recebido por alguém dessa maneira não tem preço….**
É importante aclarar que é possível ter um anfitrião sem a necessidade de ficar em sua casa, você pode se conectar a um viajante para que ele te mostre a cidade, faça alguma atividade juntos ou simplesmente se reúnam para tomar algo…** Quando eu viajo, uso muito o aplicativo para conseguir companheiros de corrida, tênis e sair para beber alguma coisa, é claro.

Como Funciona?

Tudo se dá desde a plataforma couchsurfing.com (e um app também). Te explico brevemente nesse artigo e também dou links complementares!
O primeiro que você deve fazer é criar uma conta em Couchsurfing.org. O importante é ter um perfil bastante completo, isso é o que os anfitriões esperam de você. Dessa maneira, você deve ser claro e descrever sua personalidade, seus gostos e preferências, o que permitirá que você tenha um bom match com o anfitrião.

Em segundo, você deve selecionar sua viagem, isso avisa aos anfitriões que você está buscando um destino específico. Do mesmo modo, o sistema te mostrará quais anfitriões possuem lugares disponíveis e você poderá entrar em contato com eles diretamente e pedir que eles te alojem por um tempo 🙂

Por terceiro, aqui começa o match making…. assim como nas plataformas de encontros virtuais, com os anfitriões e hospédes acontece o mesmo. Você deve conhecer seu anfitrião, ler seu perfil e referências para saber se é uma pessoa de confiança. Muitos têm medo de se hospedarem na casa de uma pessoa estranha e algumas mulheres podem ter receio de ficarem na casa de uma pessoa desconhecida. Isso pode ser verdade, por isso é importante ler as referências e comentários de pessoas que já foram hospedadas por anfitriões.

Pessoalmente, o que eu faço é entrar em contato por Facebook ou Whatsapp e iniciar um diálogo com a pessoa, essa é uma boa maneira de conhecer o anfitrião e tirar as dúvidas. Só tive experiências excelentes que me proporcionaram amigos em vários lugares do mundo.

Convido vocês a conhecerem o couchsurfing.org e criarem seus perfis. Se vocês tiverem alguma dúvida, podem escrever nos comentários desse post ou me adicionar em www.couchsurfing.com/ people/enzotano

Locais e Pessoas Internacionais. Descobrindo uma cultura

Ci spiace, ma questo articolo è disponibile soltanto in Portoghese Brasiliano, Inglese Americano e Francese. Per ragioni di convenienza del visitatore, il contenuto è mostrato sotto in una delle lingue alternative disponibili. Puoi cliccare su uno dei links per cambiare la lingua del sito in un’altra lingua disponibile.

Descobrindo a cultura local e os destinos internacionais.

É importante mencionar que este é um artigo orgânico, atualizando-se e crescendo a medida em que eu siga viajando e trocando ideias com outros viajantes.

Foi depois de viajar e viver em diferentes países que comecei a distinguir cada vez mais as diferenças entre as culturas locais de um país e, a diferenciar os tipos de pessoas que cada um encontra de acordo com o tipo de viagem realizado.

living abroad in greece

Minha primeira experiência de vida no exterior foi na Grecia, apenas terminei o ensino médio decidi que precisava descobrir o mundo, e descobrir quem eu era *(requer um outro post) em um novo entorno. Comecei a entender o conceito de cultura de outro país no momento em que aterrizei em Atenas,  a partir do “Γεια σας”, que significa “OLÁ” em grego, até a maneira de mover-se e dos “gritos” das pessoas como forma de conversar… ao mesmo tempo que entendia este conjunto de características que faziam do grego, o grego, também comecei a entender e descobrir muitos dos aspectos da cultura do meu país, Argentina, que até então não tinha entendido que era a forma natural de comportar-se e de ser das pessoas.

Cada viagem é diferente e nos permite conectar-nos com o destino de maneira distinta, não é o mesmo que umas férias com tudo pago que uma viagem de mochileiro em Couchsurfing (couchsurfing.org), ou uma viagem de trabalho que uma viagem de estudos no exterior, outro fator mais importante é a duração da viagem e a nossa forma de conectar-nos com as pessoas.  *Vamos fazer outro post sobre “OS ESTILOS DE VIAGEM”

 amanecer en Rio de janeiro

Para enforcar no objetivo deste artigo, vou descrever o que chamo de “Locais internacionais e Locais”, e de acordo como viajamos e nossa possibilidade de conectar-nos com cada local.

No primeiro grupo, o de Locais Internacionais, estão as pessoas como eu e provavelmente iguais a você, se está lendo este artigo. Os locais internacionais são aquelas pessoas que tiveram a possibilidade de viajar e viver sozinhos no exterior, ou seja, sem contexto de amigos/ familiares em seu entorno. Os quais se viram forçados adaptar-se a cultura local, criar uma nova rotina e com um entorno social distinto. Nunca me canso de escutar e ler sobre jovens, logo de sua primeira experiência de vida em um novo país, descrevendo está imersão em uma nova cultura como a melhor experiência de suas vidas. Definitivamente uma experiência de trocas, crescimento e descobrimento interno, ao que eu denomino de convertir-se em uma Pessoa Internacional. A pessoa internacional agrupa algumas de suas características próprias e outras que vão se fortalecendo com cada experiência internacional, entre elas destaco: Maior confiança em si, tolerancia e respeito por aquilo que é diferente, adaptação as mudanças e entre outras coisas. Este desejo constante por continuar viajando e descobrindo pessoas e lugares.

São estas pessoas internacionais que quando estão em seu proprio país que denomino de “Locais Internacionais” e, em praticamente todos os casos conhecidos, mantém uma predisposição constante em ajudar àqueles viajantes que encontrem pelo caminho. São os Locais Internacionais os primeiros que vamos encontrar em qualquer viagem, já que eles também vão vir a nosso encontro. Estão nas plataformas como Couchsurfing, são os que nos alugam quartos em AIRBNB, em eventos com temáticas internacionais, em meetings de intercâmbio de idiomas ou casualmente de algum modo ou outro vão aparecer em algum momento que precisamos. São aqueles quem nos podem dar a melhor bem-vinda e fazer que os primeiros passos dentro de um novo destino sejam mais fáceis, mas é importante saber quem são os locais não internacionais, aqueles que nos fazem descubrir a cultura em sua maneira real. E é por isso que é importante entender a diferença.

Os Locais não Internacionais ou “Locais Locais”, são aquelas pessoas que não tiveram a oportunidade de uma experiência de imersão em uma nova cultura, conservam o conjunto de valores e comportamento próprios de seus países. *Variando de país em país e de classe social, mas em geral os Locais Locais mantêm sempre a mesma rotina e já tem seu próprio circulo de amizades formado, motivo o qual dificulta conhecer-los. Senão falamos o idioma local as possibilidade de conectar-se com eles se reduzem praticamente a zero. O tempo, e a interação cotidiana é a forma de interagir com os locais, e por isso as viagens que realmente te conecta com eles são viagens de estudo e viagens de trabalho, em todos os casos é necessário compartilhar atividades com os locais para conseguir conectar-se a eles.

 Ainda que adore encontrar pessoas internacionais e compartilhar experiências e trocar idéias, temos muitas características em común que nos fazem pessoas do mundo e quando quero descobrir à cultura e seus valores mais profundos a melhor maneira para fazer isso é conectando-me com os locais locais, eles representam o conjunto mais grande da sociedade e caracterizam à cultura, os fatores mais profundos, seus valores e sua forma de ver o mundo.

Ainda que possa distinguir cada vez mais claramente os tipos de sub-culturas em cada país, também é importante não se esquecer que “cada pessoa é um mundo” e que sempre vamos encontrar durante nossa viagem, pessoas fechadas com muitos mundos e pessoas locais com uma mentalidade incrível.

 Se você ja teve a oportunidade de viajar ao exterior, eu gostaria de saber sua opinião sobre as pessoas internacionais e as pessoas locais de seu país!
Cursos preparatórios para o DELE (diploma em língua estrangeira)

Ci spiace, ma questo articolo è disponibile soltanto in Portoghese Brasiliano, Inglese Americano e Francese. Per ragioni di convenienza del visitatore, il contenuto è mostrato sotto in una delle lingue alternative disponibili. Puoi cliccare su uno dei links per cambiare la lingua del sito in un’altra lingua disponibile.

Nós te oferecemos a oportunidade de se preparar para o exame DELE nas melhores escolas de espanhol selecionadas pelo Courconnect.

O que é o DELE?

O DELE (Diplomas de Espanhol como Língua Estrangeira) é um certificado de proficiência em língua organizado pelo Instituto Cervantes.

É para todos aqueles cuja espanhol não é a língua nativa e que desejam ir para um país de língua espanhola, seja para estudar em uma universidade, um estágio ou até mesmo trabalhar. Desse modo, ele abre as portas da Espanha, mas de todo o continente sul-americano (exceto Brasil).

Este diploma ajuda a justificar um nível avançado de espanhol. O nível B2 Diploma Espanhol certifica que o aluno pode comunicar-se com falantes de espanhol com fluência e naturalidade suficiente, de modo que a conversa ocorra sem qualquer esforço, escrever textos claros e detalhados sobre vários temas, bem como defender um ponto de vista sobre temas gerais, indicando as vantagens e desvantagens de diferentes opções.  Também abarca compreender as ideias principais em textos complexos que lidam com assuntos específicos ou abstrato, incluindo se eles são de natureza técnica, desde que pertencem a sua especialidade.

Provas do DELE

A duração da prova e do seu grau de dificuldade depende do nível do curso. Assim, para obter A1, a escrita é de 90 minutos ao passo que o B2 dura 210 minutos. Vários exercícios ou questões de vocabulário e gramática são utilizados.

Por exemplo, o nível B2 exame consiste em quatro testes: compreensão de leitura, expressão escrita e interação, compreensão auditiva e expressão e interação oral. Para passar no exame, você deve ter uma classificação suficiente para aprovação “APTO”

Como se preparar?

É preciso tempo para se preparar para este exame. É necessário treinar nas mesmas condições que o exame final (tempo limitado e sujeitos reais). É aconselhável preparar-se de  3 a 6 meses antes do exame (dependendo do aprendizado de cada) para estar pronto para o grande dia.

Aconselhamos que você mergulhe na língua imediatamente, você pode assistir a filmes em espanhol, ouvir música em espanhol, ler livros ou navegar os sites de língua espanhola … Você também pode participar em reuniões de troca / idioma perto de sua casa ou encontrar um amigo espanhol nativo para conversar! No entanto, uma das melhores maneiras ainda continua a combinar todos estes truques de aprendizagem com os cursos de escola de idiomas. De fato, os esforços serão concentrados e a  imersão em um país permitem aprofundar seu aprendizado!

Veja aqui e compare todos os cursos de espanhol em nossa plataforma

Les centres d’examen du DELE Os locais de prova do DELE

Há diversos locais de prova e você pode vê-los aqui

O período entre abril e novembro oferece a maior quantidade de dias de provas. No entanto, recomendamos que você faça sua matricula de 2 a 3 meses de antecedência porque a inscrição é cara!

Veja o calendário das datas do exame DELE

Cursos preparatórios

Se você está procurando um curso preparatório para o exame DELE , nós lhe oferecemos cursos na Espanha ou na América do Sul! A imersão em um país de língua espanhola é uma das maneiras mais eficazes para estudar rapidamente.

Na plataforma Courconnect você pode procurar, comparar e reservar o Curso de Preparação DELE em uma das escolas disponíveis na Espanha ou na América do Sul. Oferecemos-lhe abaixo de 3 idéias de destinos na Argentina + cursos com diferentes pontos fortes de aprendizagem (Nota: Os preços estão sujeitos a alterações):

  • DELE curso em Rosario: 5h por semana a partir de 344,31 reais, leia mais
  • DELE em  Buenos Aires: 20h por semana a partir de 808,38 reais, leia mais
  • DELE em Cordoba: 28h por semana a partir de  1047,90 reais, leia mais

>> Clique aqui para ver todos os cursos preparatórios
para o  DELE
na Espanha e na America do Sul <<

Pause no Sertanejo… Vamos bailar Bachata, Cumbia e Reggaeton?

Ci spiace, ma questo articolo è disponibile soltanto in Portoghese Brasiliano, Inglese Americano e Francese. Per ragioni di convenienza del visitatore, il contenuto è mostrato sotto in una delle lingue alternative disponibili. Puoi cliccare su uno dei links per cambiare la lingua del sito in un’altra lingua disponibile.

Aprender espanhol escutando música é muito mais divertido! Aproveita nossa lista de sucessos latino-americanos. 

A diversidade musical no Brasil é histórica. Do Samba à Bossa Nova, da MPB ao… Sertanejo Universitário.  Mas uma coisa é certa, mesmo em meio à globalização, ainda há uma enorme barreira que impede a entrada de músicas latino-americanas no Brasil. Preparamos uma playlist com os grandes sucessos recentes da Bachata, Cumbia e Reggaeton para você praticar seu espanhol enquanto baila esses ritmos calientes.

Mas antes, um questionamento. Porque será que essas músicas não chegam ao Brasil?

 i) Minha primeira hipótese era: “ As músicas brasileiras são melhores”.
Se hoje em dia gosto se mede pelo “canavial de  likes e manancial de views”, podemos facilmente descartar essa hipótese. Enquanto as músicas “top” do Brasil chegam a uma média de 100 milhões de views no Youtube (Henrique e Juliano, Luan Santana, Anitta…), os sucessos que bombam nos demais países latino-americanos alcançam facilmente marcas de 300, 500, 900 milhões de views. (Prince Royce, Romeo Santos, J Balvin, Nicky Jam…).  
Vale lembrar que a população da América Latina como um todo é estimada em 550 milhoes, sendo 200 milhões somente no Brasil. Ou seja, somos 35% da região. Portanto, fazendo uma regra de três rápida, um equilibrio em views equivaleria a:
  • 100 mi para musicas brasileiras
  • 175 mi para musicas latinas.
Claramente há um desequilíbrio entre o número de views, o que indica que, sim, as músicas latinas são mais populares em seu mercado que as melhores músicas brasileiras
ii) Segunda hipótese – “O Brasil não se adaptaria à batida das músicas latinas.”
Também não acredito que essa seja a resposta, pois alguns dos últimos sucessos no Brasil derivam de músicas ou ritmos latinos:
  • “Até Você Voltar”,  “Como é que a Gente Fica” (Henrique e Juliano) e “Saudade de Você” (Zé Felipe) fizeram muito sucesso no Brasil e possuem um ritmo fortemente influenciado pela Bachata. Logo, o brasileiro sabe apreciar essa batida mais lenta.
  • Luan Santana, Michel Teló e Lucas Lucco gravaram edições em português de grandes sucessos latinos recentes. São eles “Bailando”, “Darte un Beso” e “Propuesta Indecente”. Outra prova que o Brasileiro sabe apreciar esse ritmo.
  • O último lançamento da Funkeira Tati Zaqui, famosa pelo polêmico Parara Tim Bum, é um “Funketon”, mistura de Funk com Reggaeton.
  • O grande sucesso de Nicky Jam e Enrique Iglesias, “El Perdon”, chegou ao Brasil em sua versão em inglês e bombou nas rádios.
iii) Minha terceira e última hipotése é: “As grandes produtoras e as rádios acham que o brasileiro só gosta de música em português ou inglês, por isso barra qualquer conteúdo em espanhol”.

Se você seguiu meu raciocínio, e concorda com tudo que eu disse, abre sua mente e aproveita essa playlist que nós fizemos com os últimos sucessos latinos.

Siga as letras em espanhol e comece a bailar!

Bachata

Propuesta Indecente de Romeo Santos foi a Bachata que explodiu internacionalmente nos últimos anos. Se você não ouviu ainda, aumenta o volume e dá o play

Ver no Youtube

Darte un Beso foi regravada por Michel Teló, e os dois cantaram juntos ao vivo no Premio Billboard de Musicas Latinas de 2014.

Ver no Youtube

Eres Mia é outro sucesso do BachataStar Romeo Santos. Repare na megaprodução de seus clipes. A letra você encontra nesse link.

Ver no Youtube

Reggaeton

Talvez o Funk da América Latina, Reggaeton é o ritmo mais tocado em todas as baladas de Buenos Aires a México D.F. (Menos no Brasil).  São tantos exemplos que fica difícil mostrar apenas alguns, mas aqui vai:

Hit do verão 2016, Picky é a música chiclete que fez todo mundo aprender sua coreografia. “Metralhadora em espanhol?” haha. Acompanhe a letra nesse link.

Ver no Youtube

J Balvin faz todos bailarem em qualquer festa com Ay Vamos.  A letra está nesse link

Ver no Youtube

Travesuras foi a música caliente que conquistou todos no ano passado. Mais um grande sucesso do Nicky Jam, “Bailando” você já conhece.

Ver no Youtube

Ricky Martin você conhece, certo?  Não vale “un pasito p’adelante Maria”…  Apesar de ser muito conhecido no Brasil, nem as músicas do grande Ricky conseguem ultrapassar a nossa barreira anti-espanhol. Mordidita é seu mais recente sucesso. Cante junto com ele nesse link

Ver no Youtube

Cumbia

Viajando pro sul, temos o principal ritmo da noite rio platense. Seus vídeos não chegam aos 300 milhoes do Reggaeton ou da Bachata caribeña, mas vídeos com 50 milhões de views são um feito enorme para músicas do Uruguai, país com 3 milhoes de pessoas.

Marama e Rombai são as bandas que explodiram no verão passado, e vêm lançando um hit atrás do outro. Noche Loca foi uma música gravada pelas duas bandas juntas. Acompanhe a letra aqui.


Ver no Youtube

Maior sucesso de Marama, Loquita também chegou aos 50 milhões de views em pouco tempo. Siga a letra nesse link.


Ver no Youtube

Video que fez a banda Rombai famosa, Locuras Contigo mostra um pouco da animação uruguaia no verão. A música é rápida, mas tente acompanhar a letra aqui.


Ver no Youtube
Escrito por Rafael MS Lima


Gostou da nossa playlist? Compartilhe!

Prefere as músicas do Brasil ou de fora? Comente!

Não entendeu nada? Aprenda espanhol em 2 meses na Argentina! Busque seu curso ideal em Courconnect.com

ES TU DÍA en Buenos Aires

Ci spiace, ma questo articolo è disponibile soltanto in Spagnolo Europeo e Inglese Americano. Per ragioni di convenienza del visitatore, il contenuto è mostrato sotto nella lingua principale di questo sito. Puoi cliccare su uno dei links per cambiare la lingua del sito in un’altra lingua disponibile.

Es tu día - Buenos Aires

La bienvenida para los estudiantes internacionales

El viernes 17 de marzo, Buenos Aires organiza un evento para todos los jóvenes que estudian en la ciudad. Tango, arte, shows, música en vivo y gastronomía protagonizarán este espacio de intercambio gratuito en el Centro Cultural Recoleta. ¡Inscribite!

¿Cuándo?

El viernes 17 de marzo de 16 a 20 h.

¿Dónde?

Centro Cultural Recoleta, Junín 1930.

¿Cómo llego?

Ingresá al link y completá la dirección de orígen: mapa.buenosaires.gob.ar

Si recién llegás a Buenos Aires para estudiar, encontrate con jóvenes argentinos y de todo el mundo. Si vivís en la ciudad, ¡vení a recibirlos! El miércoles 17 de marzo de 16 a 20 h, te esperamos en el Centro Cultural Recoleta para vivir el “Es Tu Día”.

En este evento vas a conocer gente de otros países y las costumbres argentinas. El año pasado participaron 2000 jóvenes de 55 países distintos.  ¡Disfrutá del intercambio cultural y compartí una tarde con nuevos amigos!
Desde temprano, sonará un DJ en vivo, habrá foodtrucks, sorteos y clases de tango. Además, podrás protagonizar un intercambio lingüístico con Mate Club de Conversación, Spanglish, Mundo Lingo y clases de idioma exprés.
Habrá intervenciones artísticas en vivo y variadas muestras en el Centro Cultural Recoleta. Conocerás las personalidades más reconocidas de la historia argentina, podrás jugar con música o tener un momento de relajación.
¡No te podés perder la sorpresa que habrá con motivo de la designación de Buenos Aires como Capital Iberoamericana de la Cultura Gastronómica! También habrá un sector de charlas con oradores para todos los gustos.
Conocé mucho más sobre el evento en: https://www.facebook.com/events/1248958925182803

¡Inscribite gratis y no te lo pierdas!

Internship in Marketing + Buenos Aires *EN *ES
Internships buenos aires - Argentina

Fuente: matesabio.com

Internship and Training program:

RESUME

 

Title: Marketing, Social Media and Internet Internships.

Location: Palermo, Buenos Aires, Argentina.

Duration: 2 – 6 month.

Vacancies: 3 interns

 

Short description:

Courconnect interns will be part of the marketing and social media Team. (altro…)

MACRI PRESIDENTE